quinta-feira, 1 de dezembro de 2011


Assédio Moral e o dano a imagem no trabalho

 Não estamos falando da imagem de comunicação, mas sim a pessoa física. E quando falamos da pessoa física, nos referimos a reputação (ser humano), a honra do ser humano.
O mundo em que vivemos se exaure a sentimentos de culpa, preconceitos e se ausenta de igualdades que tem por objetivo trazer o bom convívio entre os homens. Uma das maiores dificuldades de relação no mundo é a capacidade de lidar com o ser humano, este que nos oprime a ponto de nos causar constrangimentos, que ofende e mancha a nossa reputação e honra. E quando falamos de reputação e honra nos referimos a danos morais, que  na constituição de 1988 art. 5ºx diz:

 Artigo 5º (...)X- são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral de sua violação;(...)’’
Mediante a este artigo, temos a seguridade e a certeza que estamos amparados pela constituição, porém a realidade faz deste artigo a utopia do século, ou seja, vemos  que dia- após- dia os valores pessoais estão cada vez mais defasados, o respeito ao próximo e a boa serventia ficam ultrapassadas.

Assédio moral é o ato de expor o trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho.


O que fazer caso isso ocorra?

Resistir: anotar com detalhes todas as humilhações sofridas (dia, mês, ano, hora, local ou setor, nome do agressor,conteúdo da conversa e o que mais você achar necessário).
Evitar conversar com o agressor, sem testemunhas. Ir sempre com colega de trabalho ou representante sindical.
Exigir por escrito, explicações do ato agressor e permanecer com cópia da carta enviada ao D.P. ou R.H e da eventual resposta do agressor
Procurar seu sindicato e relatar o acontecido para diretores e outras instancias como: médicos ou advogados do sindicato assim como: Ministério Público, Justiça do Trabalho, Comissão de Direitos Humanos e Conselho Regional de Medicina
Buscar apoio junto a familiares, amigos e colegas, pois o afeto e a solidariedade são fundamentais para recuperação da auto-estima, dignidade, identidade e cidadania.

2 comentários:

Rafa disse...

Eh.... Assedio Moral é fogo...

instantinsurance disse...

Este blog é uma representação exata de competências. Eu gosto da sua recomendação. Um grande conceito que reflete os pensamentos do escritor. Consultoria RH

Postar um comentário

Já Visitaram:

Receba por Email