sábado, 3 de dezembro de 2011


O que é e para que serve um carro Híbrido ?

      Hoje as empresas pensam bastante na sustentabilidade, pensam em formas de poluir menos e ter menos gastos, com os carros não são diferentes, hoje já podemos ter os carros Híbridos nas ruas, mas o que são carros híbridos?


      Sabemos que hoje em dia temos um problema sério em relação a POLUIÇÃO, então com esse sério problema surgiu a idéia de criar um automóvel onde se tem um consumo de combustível muito inferior aos veículos de hoje em dia. Pensando nisso as empresas automobilísticas continuam trabalhando por uma solução que permita a diminuição do consumo de combustível e da emissão de poluentes pelos automóveis. Até agora é quase consensual que os veículos híbridos, colocando no mesmo carro motores a combustão alimentados a diesel ou gasolina e motores elétricos, devem ser o caminho intermediário, até que se adote uma solução mais definitiva e revolucionária como as células a combustível.

      Pensando sobre este assunto que é de interesse mundial, um pesquisador da Universidade de Missouri (Estados Unidos) acaba de lançar uma idéia diferente: ao invés de substituir totalmente os motores a combustão, a solução também seria híbrida, mas com motores elétricos alimentados por pequenas células a combustível, capazes de dar ao veículo uma autonomia de não mais do que 40 quilômetros. Não parece pouco?
“Cerca de 47 por cento de toda a quilometragem rodada diariamente por um veículo é feita dentro de um perímetro de 20 milhas [32 quilômetros].” afirma o professor Galen Suppes, autor da proposta. “Além do mais, cerca de 50 por cento dos veículos viajam 20 milhas ou menos por dia, e esses percursos são feitos na área urbana, onde a economia de combustível não é o forte dos motores convencionais a combustão, além dos seus efeitos ambientais prejudiciais.”



      Batizada pelo professor de tecnologia híbrida “plug-in”, sua solução é uma versão modificada do veículo híbrido, que utiliza baterias para abastecer seus motores elétricos e que já está disponível comercialmente. As baterias elétricas seriam mantidas, mas poderiam ser menores. A célula a combustível daria um grau adicional de liberdade aos carros híbridos. Ao plugar o carro na tomada, a eletricidade poderia ser utilizada tanto para recarregar baterias quanto para hidrolizar água para formar hidrogênio, o qual poderá ser utilizado para abastecer a célula a combustível. Na versão com armazenamento de hidrogênio, as células a combustível seriam utilizadas para gerar hidrogênio e oxigênio, os quais ficariam armazenados em tanques. Esta configuração poderia reduzir a quantidade de energia a ser suprida ao carro, uma vez que o hidrogênio será utilizado para alimentar as células que produzirão eletricidade.


      O professor estima que um carro com sua solução “plug-in” teria um incremento de custos de apenas US1.000,00 em comparação com os veículos híbridos atuais e seria uma solução interessante como transição para uma tecnologia totalmente baseada no hidrogênio. Isto, porque, baseando-se em suas estatísticas, cerca de metade dos automóveis passariam a funcionar unicamente com as células a combustível, só utilizando os motores a combustão quando precisassem sair da rotina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Já Visitaram:

Receba por Email